COLETA SELETIVA EM CONDOMÍNIOS



A coleta seletiva serve para fazer a destinação correta de materiais recicláveis e não recicláveis que seriam jogados no lixo comum, indo para aterros e lixões, contribuindo ainda mais para a poluição do meio ambiente.

Ou seja, a coleta seletiva é uma alternativa para minimizar o impacto da produção maciça de produtos na natureza, onde muitos deles levam muito tempo para se degradar.

Um condomínio com dezenas ou centenas de moradores, produz uma quantidade de lixo significativa. Por isso, implantar uma coleta seletiva desses resíduos não é moda ou tendência e sim uma questão de conscientização e todos devemos incentivar essas iniciativas.

O habito de reduzir, reutilizar, reciclar, vêm se tornando cada vez mais importantes na resolução deste problema e a coleta seletiva é uma etapa fundamental, onde os resíduos recicláveis são separados dos demais resíduos, recolhidos por empresas responsáveis pela limpeza urbana.

A coleta seletiva obedece a Resolução do CONAMA nº 275 de 25 de abril de 2001, que estabelece o código de cores para os diferentes tipos de resíduos:
Os mais comuns e aplicados em condomínios são:
•    Azul – papel e papelão,
•    Vermelho – plástico,
•    Verde – vidro,
•    Amarelo – metal,

Dicas para planejar a coleta seletiva com os condôminos
1.    Leve o assunto em assembleia e os conscientize da importância da reciclagem. Defina um responsável para vistoriar a coleta.
2.    Analise a quantidade de detritos de acordo com o número de moradores para fazer a distribuição correta das latas de coleta.
3.    Faça o orçamento dos equipamentos necessários e escolha um local de armazenamento, de preferência limpo e fechado para evitar a aglomeração de baratas, ratos, mosquitos e mau cheiro. Pode ser a garagem, por exemplo.
4.    Reforce a ação em cada assembleia feita e deixe claro quais são os tipos de materiais recicláveis.

Você pode perceber que o mais importante é a responsabilidade compartilhada nesse processo de conscientização para o beneficio da coletividade. Então, recicle!